Ambientes Tridimensionais p/ Educação

second_life_04Olá Pessoal!   … Vamos interagir?

Da Web 2.0 para a Web 3.0, muito tem se falado sobre os ambientes tridimensionais como recursos significativos para a aprendizagem, uma vez que estes, apresentam correlação e assemelhamento com o nosso mundo real e podem propiciar mais envolvimento e interação entre os sujeitos por um processo imersivo e absorto, que intenciona otimizar o contexto da aprendizagem.  Neste sentido, é possível citar o  Second Life ou ainda o Open Sim, que são ambientes tridimensionais, mas não foram projetados para uso específico na educação.

Uma questão que se levanta, é chamar esses recursos de Ambientes Virtuais de Aprendizagem, no entanto, se tomarmos por base o entendimento de AVA postulado por Dillenbourg, isso é relativizado. 

Percebo a pertinência da utilização desses espaços na educação, contudo de maneira pontual e estofado por um bom planejamento pedagógico. Ademais, ainda esbarramos em problemáticas de hardware e Rede/conectividade, que são mais exigidos ao fazer uso de Ambientes 3D e nem sempre correspondem com a realidade dos usuários em geral.

Desse modo, os Ambientes bidimensionais (como o Moodle) para educação, ainda predominam!

São diversas questões postas e vejo que muito há de se avançar sobre essa temática, em especial um entendimento mais aclarado entre AVA 2D e AVA 3D e suas distinções, integração entre AVA 2D e 3D, bem com se de fato existe um AVA 3D…pensemos…

Algo a mais:

Da implantação à implementação de ambientes virtuais tridimensionais: caminhos em construção
Autores: Elizabeth M. Rocha et. AL

Ambiente virtual de aprendizagem integrado a mundo virtual 3D e a experimento remoto aplicados ao tema resistência dos materiais
Autor: Roderval Marcelino

Utilização de Ambientes Virtuais de Ensino e Aprendizagem com Tecnologia 3D em Educação a Distância.
Autor: Ferreira, Ronan Loschi Rodrigues 

3 Comments

  1. Ronan Loschi

    Rosana, parabéns pelo blog. Obrigado pela citação.

  2. Ronan Loschi

    Olá Rosana, parabéns pelo blog. Obrigado pela citação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *